Consultor Internacional em matéria de genero e direitos das mulheres


Location : Bissau, GUINEA-BISSAU
Application Deadline :01-Jul-19 (Midnight New York, USA)
Additional Category :Democratic Governance and Peacebuilding
Type of Contract :Individual Contract
Post Level :International Consultant
Languages Required :
English   Portuguese
Starting Date :
(date when the selected candidate is expected to start)
08-Jul-2019
Duration of Initial Contract :6 months
Expected Duration of Assignment :6 months

Background

Contexto e fundamentos:

O projeto de Apoio ao diálogo político e reconciliação nacional na Guiné-Bissau tem como objetivo contribuir de forma significativa para a construção da paz na Guiné-Bissau, apoiando os atores nacionais a enfrentarem a falta crónica de diálogo construtivo para promover a estabilização política e institucional. Para esse fim, e tendo em referência os objetivos dessa consultoria, o projeto se concentrará em:

  • Apoiar a continuação dos esforços de facilitação e mediação emanados do Fórum das Mulheres para a Paz (FMP) para promover um espaço para o diálogo entre as partes da actual crise para a implementação dos compromissos assumidos para resolver a crise;
  • Fortalecer as capacidades nacionais inclusivas e sustentáveis para o diálogo e mediação com mecanismos efetivos para se envolverem num diálogo logo que surgem tensões, e para prevenir a escalada em crises políticas e institucionais;
  • Melhorar a capacidade técnica de atores sociais para engajar com autoridades nacionais na elaboração e monitoramento de reformas-chave do Estado e suas instituições, e possibilitando a criação de espaço para diálogo nacional sobre aspetos técnicas, opções legais e roteiro de atividades requeridas para implementar essas.


Duties and Responsibilities

Objetivo Geral:

Contribuir para o reforço de capacidade dos membros do Conselho das Mulheres Guineenses e dos membros da Rede de Mulheres Mediadoras de modo a favorecer a sua participação em matéria de diálogo politico, participação na vida politica e institucional do pais, mediação e reconciliação nacional.

Objetivo Específico:

  • Apoiar as atividades técnicas da unidade de género do UNIOGBIS na conceção e criação de um curso de formação para os membros do Conselho das Mulheres Guineense;
  • Apoiar o trabalho da unidade de género do UNIOGBIS no suporte organizativo e logístico as atividades dos membros da Rede de Mulheres mediadoras;
  • Assegurar e facilitar o trabalho regular do escritório da unidade de género do UNIOGBIS;

Produtos:

  •  Relatório mensal e final das atividades desenvolvidas

Duração da Consultoria:

A consultoria deve ser realizada no espaço de 4,5 meses – 135 dias úteis.

 


Competencies

Perfil do(a) Consultor(a):

Competências:

  • Conhecimento da matéria relacionada as problemáticas de género e direitos das mulheres, capacidade de trabalhar com equipes heterogéneas;
  • Conhecimento da realidade sociocultural e institucional da Guiné-Bissau.


Required Skills and Experience

Academic background:

  • Formação universitária em ciências sociais, cooperação ao desenvolvimento, comunicação social, direito internacional das minorias, estudos internacionais;

Experience:

  • Mínimo um ano de formação superior (ao nível de Master) no âmbito das sobre indicadas áreas de relevância para a consultoria;
  • O Consultor júnior deve possuir formação académica e com dois anos de experiência profissional, nas áreas de género, direitos humanos, direitos das mulheres conseguida a nível internacional tendo em referência seu país de origem;
  • Trabalho comprovado no domínio de planificação estratégica e prospetiva;
  • Trabalhos realizados no domínio de monitorização das políticas públicas

Language Requirement:

  • Domínion do Português e do Ingles é obrigatório e experiencia nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa.

Processo de seleção

As candidaturas deverão ser enviadas até ao dia 1 de Julho de 2019, na qual deve constar o Curriculum Vitae e carta de motivação para o endereço:

Diretrizes para a candidatura:

Documentos obrigatórios:

  • Uma carta de apresentação explicando a razão pelo qual se considera o candidato ideal para esta consultoria;
  • Uma breve metodologia de como abordará e conduzirá as tarefas, descrevendo as ferramentas e plano de trabalho utilizados nesta consultoria;
  • Uma proposta financeira;
  • Um CV pessoal, incluindo experiências passadas em ações semelhantes, e pelo menos 3 referências profissionais.

As candidaturas devem ser entregues ao seguinte endereço:

Contratos de montante fixo: A proposta financeira deverá especificar um montante total, bem como as condições de pagamento em torno de resultados específicos e mensuráveis (qualitativos e quantitativos): ou seja, se os pagamentos são desembolsados em parcelas ou, apenas, após a conclusão de todos os produtos previstos no contrato. Os pagamentos são baseados na produção, ou seja, após a entrega dos serviços especificados nos TdR. A fim de ajudar a unidade requerente da consultoria na comparação das propostas financeiras, solicita-se que os consultores incluam uma clara repartição do montante total.

Avaliação: Os consultores individuais serão avaliados com base na seguinte metodologia: análise cumulativa.

Ao utilizar este método de pontuação ponderada, o contrato deverá ser adjudicado ao consultor individual cuja oferta tenha sido avaliada e determinada como:

  • Responsiva/compatível/aceitável; e
  • Tendo recebido a pontuação mais elevada de um conjunto pré-determinado de critérios técnicos e financeiros ponderados específicamente para esta solicitação;
  • Peso dos critérios técnicos – 70 pontos;
  • Peso dos critérios financeiros - 30 pontos.

Apenas os candidatos que obtiverem um mínimo de 70 pontos serão considerados para a avaliação financeira.

Critérios de avaliação:

  • Educação - 10 pontos;
  • Experiência de acordo com o TdR - 20 pontos;
  • Competências de acordo com o TdR - 10 pontos;
  • Interpretação dos TdR - 15 pontos;
  • Metodologia e abordagem global - 25 pontos.
  • Qualidade geral da proposta (compreensão, estrutura, linguagem e clareza) - 20 pontos.


UNDP is committed to achieving workforce diversity in terms of gender, nationality and culture. Individuals from minority groups, indigenous groups and persons with disabilities are equally encouraged to apply. All applications will be treated with the strictest confidence.

UNDP does not tolerate sexual exploitation and abuse, any kind of harassment, including sexual harassment, and discrimination. All selected candidates will, therefore, undergo rigorous reference and background checks.


If you are experiencing difficulties with online job applications, please contact erecruit.helpdesk@undp.org.

© 2016 United Nations Development Programme